sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Rainha do Rock and Roll

 

"Posso não durar tanto quanto as outras cantoras, mas sei que posso destruir-me agora se me preocupar demais com o amanhã."

Janis Joplin

 



Janis Lyn Joplin, nasceu em Port Arthur, Los Angeles, em 19 de Janeiro de 1943 e morreu no dia 4 de Outubro de 1970, aos 27 anos, no auge da carreira. É considerada por muitos como "a Rainha do Rock and Roll", "a maior cantora de rock dos anos 60" e "a maior cantora de blues e soul da sua geração".
Ela alcançou proeminência no fim dos anos 60 como vocalista da Big Brother and the Holding Company e, posteriormente, como artista solo, acompanhada de suas bandas de suporte, a Kozmic Blues e a Full Tilt Boogie.
Influenciada por grandes nomes do jazz e do blues como Aretha Franklin, Billie Holiday, Tina Turner, Big Mama Thornton, Odetta, Leadbelly e Bessie Smith, Joplin fez de sua voz a sua característica mais marcante, tornando-se um dos ícones do rock psicodélico e dos anos 60.
Todavia, problemas com drogas e álcool encurtaram sua carreira. Morta em 1970 devido à uma overdose de heroína, Janis Joplin lançou apenas quatro álbuns: "Big Brother and the Holding Company",1967, "Cheap Thrills",1968, "I Got Dem Ol' Kozmic Blues Again Mama!", 1969 e o póstumo "Pearl" (1971), o último com participação direta da cantora.
As últimas gravações que Janis fez foram Mercedes Benz e Happy Trails, sendo a última feita como um presente de aniversário para John Lennon que faria aniversário em 9 de outubro, Lennon contou que a gravação só chegou em sua casa após a morte de Janis.
Janis Joplin esteve no Brasil em fevereiro de 1970, na tentativa de se livrar do vício da heroína. Durante a sua estada, fez Topless em Copacabana, bebeu muito, cantou em um bordel, foi expulsa do Hotel Copacabana Palace, por nadar nua na piscina e quase foi presa, pelas suas atitudes na praia, consideradas "fora do normal". Como era época de carnaval, tentou participar de um desfile de escola de samba, porém teve acesso negado por um segurança que desconfiou de sua vestimenta Hippie.
No dia 3 de outubro de 1970, Janis visitou o estúdio Sunset Sound Recorders em Los Angeles, para ouvir o instrumental da música de Nick Gravenite, a gravação dos vocais estava agendada para o dia seguinte, pela noite ela foi para o hotel, no dia das gravações, no dia seguinte não apareceu no estúdio, então John Cooke, empresário da banda, foi até o hotel, onde a encontrou morta, vítima de overdose de heroína possívelmente combinada com efeitos do álcool. Janis tinha apenas 27 anos quando morreu. Foi cremada e numa cerimônia, suas cinzas foram espalhadas no Oceâno Pacífico.
O álbum Pearl foi lançado 6 meses após sua morte. O filme The Rose, com Bette Midler, baseou-se em sua vida.
Ela hoje é lembrada por sua voz forte e marcante, bastante distante das influências Folk mais comuns em sua época, e também pelos temas de dor e perda que escolhia para suas músicas.




   

4 comentários:

REversos e diVERSOS disse...

Lila, obrigada por compartilhar essas informações. Janis morreu antes mesmo de eu nascer, mas desde sempre ouço falar desse mito.
Interessante que oque me chamou atenção para ler foi o título 'rainha'. Pensei em Rita Lee na hora. Meus pais nao ouviam rock pq era coisa de 'gente que não presta'.
Enfim, gostei muito de saber sobre essa lenda do rock.

REversos e diVERSOS disse...

Lila, obrigada por compartilhar essas informações. Janis morreu antes mesmo de eu nascer, mas desde sempre ouço falar desse mito.
Interessante que oque me chamou atenção para ler foi o título 'rainha'. Pensei em Rita Lee na hora. Meus pais nao ouviam rock pq era coisa de 'gente que não presta'.
Enfim, gostei muito de saber sobre essa lenda do rock.

REversos e diVERSOS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
allelilla disse...

OLá!! Foi um prazer!!! Fico muito feliz que tenha gostado!!!Sim uma voz ímpar!!Tbém não conheci, mas adoro as músicas dela!!!Bjs